O segredo da manifestação

O segredo da manifestação

Eu tenho o hábito de amar as pessoas (acho que todos temos). Mas é um amor assim, meio do meu jeito. Nem sempre o manifesto. Geralmente, eu apenas sinto. Esse amor que não é apenas sentimento, transcende a minha limitada compreensão humana a ponto de não conseguir explicá-lo.

Mas algumas das pessoas que eu amo simplesmente não estão na minha vida ou ao meu alcance por motivos diversos. Quando suas imagens surgem em minha frente assim, do nada, ao rolar o feed de notícias de uma rede social qualquer, ou minhas lembranças trazem a clara imagem de um rosto querido, se eu estiver alinhada o suficiente com meu eu superior, então acontece um milagre.

O meu peito se expande como se estivesse abraçando aquele ser, a alma se alegra, e a única coisa que acontece depois disso é a gratidão por aquele instante, sem que haja qualquer desejo ou tentativa de manipulação para que algo aconteça. Eu sei que essas pessoas recebem o meu amor onde quer que estejam. E eu sei que isso as beneficia. Por vezes, o universo me presenteia com algo que beira o impossível: acontece de uma delas cruzar meu caminho fisicamente, em lugares inimagináveis, centros comerciais, estações de metrô com milhares de pessoas ao redor. E eu falo de uma cidade como São Paulo, com cerca de 12,18 milhões de pessoas.

Estar no lugar certo, olhar para a direção certa, na hora certa. Sincronicidades. Mas eu sei que isso é apenas mais uma oportunidade que estou recebendo para amá-las, de entregar pessoalmente o pacote de luz que guardo aqui no peito, mesmo que não me vejam, mesmo que não percebam minha presença através dos seus 5 sentidos.

Também acontece de algumas delas entrarem em contato comigo minutos, horas ou dias depois de eu ter emanado a onda amorosa, muitas vezes após termos ficado anos ou meses sem comunicação. Isso é bem mais comum, pois as redes sociais e as tecnologias avançadas possibilitam esse contato inesperado.

Isso acontece com milhões de pessoas todos os momentos, mas elas não estão presentes o suficiente no agora para se tornarem conscientes dessas sincronicidades. Você já deve ter cruzado com pessoas amadas ou até mesmo suas almas gêmeas várias vezes sem perceber.

Então, se por acaso estiver vivendo sua rotina e de repente sentir uma onda calorosa de amor te envolvendo, assim do nada, certamente é porque alguém está te enviando amor. Receba! E se de repente sentir um impulso irresistível de falar com alguém de quem está afastado por qualquer motivo, fale! Talvez esse alguém esteja pensando amorosamente em você.

Não perca essas oportunidades que a vida oferece a todo instante. Permaneça presente no seu agora e perceberá como o universo sempre trabalha junto com você: você sente, ele materializa. Não tente manipular, apenas sinta, foque em sentimentos elevados. Eis o segredo da manifestação: sinta e permita que a lei do magnetismo te puxe para o campo das infinitas possibilidades.

D.C.B

Ilustração: Denise Bruno

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Instagram
Facebook
Receba novidades por Email
×
×

Carrinho

%d blogueiros gostam disto: