co-criação

O que nos move

Realidades dolorosas são chaves de transformação. Quando vivenciamos algo que não queremos, imediatamente desejamos o contrário daquilo. A isso chamamos de contraste. Na maioria das vezes, nós só descobrimos o que nos move quando nos deparamos com algo que nos machuca.

Quando estamos conscientes, utilizamos o contraste como inspiração. Aceitamos a situação atual como ela é, fazemos o que está ao alcance para resolver, minimizar e compreender.

Então, tiramos o foco daquilo que é, dando energia, atenção e emoção àquilo que, agora, sabemos ser nosso verdadeiro desejo.

Até que estejamos preparados para aprender e crescer através do amor, atrairemos situações contrastantes. Elas são apenas mensageiras. Uma vez manifestadas no nosso campo de percepção, precisamos aceitá-las, liberá-las e não pensar mais nisso, a fim de que sua polaridade oposta se manifeste.

O amor é a resposta.

D.C.B

Ilustração: Denise Bruno

Os 7 estágios da manifestação profunda

“A sociedade precisa voltar para isso, precisamos ensinar os 7 I’s para os nossos filhos e assim, teremos um mundo melhor”.
Amit Goswami

Poucas palavras e grande ensinamento sobre manifestação. A meu ver, Amit revela um dos grandes segredos para uma vida co-criada de forma consciente.

"Goswami mostra que a visão de mundo quântica classifica os estágios para a manifestação como os 7 I’s: Inspiração, Intenção, intuição, imaginação, incubação, insight e implementação."

Criando realidades coletivas

Se no seu coração nasceu uma esperança e você se pegou vibrando com a possibilidade do país melhorar, continue vibrando. Essa é uma das suas maiores contribuições para a coletividade.

Não é sinal de fraqueza, inocência, ignorância você esquecer por alguns instantes a realidade em que vivemos.

Uma das coisas mais admiráveis no ser humano é a sua capacidade co-criadora de novas realidades. Não importa mais como e porquê as coisas chegaram a esse ponto ou resultado. Só importa o que podemos construir a partir daqui.

Independente do futuro presidente e todos os envolvidos no seu mandato atingirem as expectativas criadas, a energia emanada com otimismo, alegria, empolgação, será devolvida aos seus criadores, e eles serão beneficiados de outras formas em momentos oportunos, já que as energias, uma vez criadas, sempre voltam. Não há desperdício.

Da mesma forma, quando duas ou mais pessoas emanam as mesmas energias, elas se potencializam e se materializam mais rapidamente.

Compreender que somos responsáveis pelo que criamos nos faz livres e empoderados.

Que se façam novas as nossas energias e a partir delas, também a realidade que almejamos.


D.C.B
Publicado originalmente em 01/11/2018 em minha página pessoal no Facebook

Crédito de imagem: Pixabay

Estruturas coletivas

Assim como o ódio constrói estruturas que podem prejudicar determinadas pessoas, o medo dessas mesmas pessoas envia tijolos que contribuem para essa construção. 
Porque através da imaginação, ambos alimentam energeticamente o mesmo cenário, e este, mesmo que a princípio fosse apenas algo hipotético, pela lei do magnetismo, passa a ter energia suficiente para se materializar.


Tudo começa na imaginação. O verbo se faz matéria. O sentimento aliado ao pensamento repetitivo cria o magnetismo que atrai exatamente aquilo que se teme (ou o que se quer), já que o Universo não julga, não faz distinção entre o que é bom ou ruim. 


A boa notícia é que, apesar de algumas construções terem efeito sobre um coletivo inteiro, somente serão atingidos aqueles que tiverem contribuído, na mesma proporção da energia que enviaram. 
É aquela velha história: "mil cairão ao teu lado, dez mil cairão à tua direita, mas tu não serás atingido", porque não contribuístes com a construção daquela realidade.


Mas isso não significa que tal estrutura já esteja concretizada. Sempre há tempo. Sossegue seu coração. Utilize sua energia amorosa para construir o cenário ideal que mais alegra a sua alma. 
Independente de quem seja o engenheiro de uma obra, ela não se edifica sem ajuda de um coletivo.
Onde duas pessoas ou mais se unem em pensamento, sentimento e foco, há uma egrégora tão forte, capaz de criar novas realidades, e até mesmo sobrepor realidades aparentemente já instauradas.
Sois todos deuses.
- Com amor -


D.C.B
Publicado originalmente em 08/10/2018, minha página pessoal no Facebook
Créditos de imagem: Pixabay
Rolar para o topo