coração

O que é missão de alma

Missão de alma é tudo aquilo que faz seu peito vibrar. Não é o tamanho ou importância do que você escolhe fazer ou dar a sua atenção, mas sim o quanto isso aquece seu coração.

A missão de alma é a soma de muitas pequenas empolgações, que funcionam como degraus para ir além numa escada infinita. Se você se negar pisar nos pequenos degraus, jamais chegará ao topo.

Primeiro, encontre o alinhamento compreendendo a linguagem da sua alma, treinando pisar nos pequenos degraus.

Na prática, isso significa escolher o tempo todo, entre todas as atividades disponíveis, aquela que trará maior empolgação em realizar.

Na ausência de algo apaixonante ou empolgante, a melhor escolha é aquela atividade que trará ao menos um alívio emocional. Pode ser uma pausa para um café, a leitura de um livro ou uma voltinha no quarteirão.

Essas escolhas também se aplicam aos pensamentos aos quais se dará foco e continuidade. Na verdade, a escolha do pensamento é o primeiro passo.

Isso te manterá na frequência da alma, e ela irá te mostrando, no decorrer do caminho, outras coisas apaixonantes, empolgantes, até que de repente você esteja em total alinhamento e manifestação da sua essência.

Agir de acordo com a sua essência é a sua missão de alma.
O caminho a seguir está sendo apontado pelo seu coração o tempo todo.

__A.D.A__

Árvore do Amor

Essa vida nunca se repetirá

Você é um ser único.
Você sempre existirá como alma experimentando outras vidas.
Mas exatamente como é, com essa personalidade, esse corpo, ambiente, essa vida nunca se repetirá.
Essa é uma oportunidade inigualável de experimentar a existência.

Tente não desperdiçá-la com excessivas distrações que te mantenham amortecido.
Filmes, jogos, redes sociais, entretenimentos diversos, podem ser ferramentas de alavancagem vibracional ou breve descanso da mente se usados com moderação. Mas você realmente poderá se ressentir ao fim dessa jornada, ao deixar a matéria, e descobrir que desperdiçou tanto tempo fugindo de si mesmo e da grande oportunidade de se autoconhecer, modelar sua própria realidade e dar pleno sentido a ela.

A ideia de ciclo reencarnatório linear pode dar a impressão de que há uma continuidade, e que você poderá ou deverá de alguma forma compensar o tempo perdido e as escolhas feitas nas próximas vidas. Mas não é assim que acontece.

Todas as vidas acontecem simultaneamente, e a linearidade tempo-espaço só existe nessa densidade material.
Fora dela, tudo está no presente. Suas várias existências não são continuações uma da outra, mas sim paralelas e independentes entre si, de acordo com suas escolhas temáticas de experimentação.

Ame essa existência como se fosse a única, e assim conseguirá fazer escolhas mais harmônicas com sua própria essência.

Não há uma carga histórica ou uma lista de erros a serem reparados.
Aquilo que algumas culturas ou religiões chamam de carmas, não são imposições de punições. Cada vida é uma folha em branco, onde sua principal missão é experimentar e expandir sua alma.
Nenhum humano nasceu para sofrer, mas para ter vida plena. Tome posse do seu direito de viver a partir dos anseios do seu coração.

Árvore do Amor
___A.D.A___

Imagem: Arquivo pessoal de viagem (Rio de Janeiro)

A coragem para as escolhas da vida

Não há escolha certa ou errada do ponto de vista vibracional. Há apenas como viver de acordo com o coração ou contra ele.


Viver pelo coração significa viver com coragem. E a coragem é um estado de consciência onde você se fortaleceu o suficiente para confiar plenamente na vida.

Confiar que você é um ser vibracional e que nada acontece se não houver uma necessidade, alinhamento ou permissão real da sua alma.

Confiar que o que acontece a você é uma resposta a quem você já é. E para se alinhar com acontecimentos diferentes, precisa se tornar o ser que corresponde vibracionalmente a eles.

No estado de confiança, você compreende o mecanismo universal e sabe que não é a escolha em si que vai fazer a diferença, mas o que você está sentindo quando opta por uma ação ou a ausência dela.

A vida não pode ser controlada. Somos como pequenos barcos no meio do oceano. Só precisamos procurar pelo farol e não perdê-lo de vista. Não importa o que aconteça, quando estamos olhando para a luz, sabemos qual é nossa direção. Mesmo que no caminho haja tempestades e até mesmo um naufrágio que por algum motivo nos impeça de chegar à terra firme, fizemos o que precisava ser feito. Até ali, a luz nos guiou.

O farol da vida é o coração. Ele nunca erra. Remar ou deixar de remar é uma escolha de cada navegador de acordo com as condições do mar, da sua sabedoria interior e do seu barco. Não é possível errar. A vida vai manifestar a soma de quem nos tornamos até ali e trazer as experiências que precisamos para alcançarmos a consciência plena, seja neste plano ou além do véu.

E quando a dúvida surge, é necessário firmar os olhos na luz e esperar que nossa sabedoria interior nos diga quais escolhas e ações são mais alinhadas com quem somos e onde queremos chegar.

A vida ou a morte não são resultados de escolhas certas ou erradas. São apenas respostas a quem somos. Vida e morte são partes de um mesmo caminho. O fim de uma é o início da outra. O que há em comum entre ambas é o farol que nos guia.

E o farol nunca se apaga.

A.D.A

Você é a luz deste mundo

Este é o momento para o qual você vem se preparando. Percebe que há algo diferente em você desde que se conhece como ser humano? Percebe que há alguma sabedoria te mostrando que algo muito maior te mantém nessa existência?

Se em algum momento sua confiança se estremeceu, sua luz enfraqueceu, não sinta culpa. São apenas manifestações da própria experiência humana para a qual você se voluntariou.

Agora é hora de se recordar quem é. Alma antiga, é hora de Ser. Silencie, relembre de sua essência divina que flui através de cada uma de suas células.

Foi pra isso que você se preparou. Não há o que temer. Faça o que for necessário para preservar este corpo, seu templo individual que acolhe a sua vida humana, mas lembre-se que você tem uma missão, e está aqui em função dela, não do seu ego.

Não tema perder tudo aquilo que nunca te pertenceu. A maior dádiva é habitar este corpo físico enquanto for possível, mas não nos apegarmos a ele. E sim, utilizá-lo como meio para cumprir a missão de apenas Ser, neste momento, a luz que dissipa toda a treva, toda a ilusão, todo o medo.

É um reset. Uma reinicialização. Deixe ir o que não faz mais sentido. Permita que o novo te preencha de dentro para fora. E acima de tudo, coragem! Lembre-se que está aqui a serviço do seu Plano Maior. Nada te levará daqui até que você cumpra aquilo que programou para sua própria jornada.

Guarde no coração a certeza de que haverá um momento de partida para todos nós para os planos sutis, mas ele só chegará de acordo com o que cada alma tenha consentido por livre escolha, ainda que sua mente não esteja consciente disso.

Você é a luz deste mundo. Recorde-se disso e permita-se existir no amor, que neste momento é o único objetivo e o caminho para fazermos novas todas as coisas. Agora é a hora de seguir o coração.

d.c.b.

Você é a luz do mundo

Imagem: Denise Bruno Studio

Rolar para o topo