desconfortável

Saia da zona de DESconforto

Saia da zona de desconforto.

Se está desconfortável é porque você precisa ajustar sua rota, mudar sua forma de ver esse assunto ou mudar o foco para algo mais agradável.

Dessas três opções, faça aquela que parecer mais fácil ou melhor para o momento.

É possível fazer uma análise rápida e tomar a atitude mental que melhor atenda à situação, mesmo que seja uma solução ou melhoria temporária da sua percepção de conforto.

O estado natural do ser humano é o bem estar ou a neutralidade. Tudo o que estiver fora disso significa uma requisição de mudança, um ajuste para que o sistema individual se reequilibre.

Quando alguém diz que você deve sair da sua zona de conforto, significa que esse alguém é que está desconfortável em relação a você, e quer que você mude para que esse se sinta bem.

Se você não estiver consciente de seu próprio sistema individual, dos seus propósitos e de suas emoções e sentimentos, sentirá uma pressão em atender às expectativas de outros, desrespeitando a sua própria natureza ou escolha.

Talvez, o que outros chamem de zona de conforto, seja para você uma situação que passa aos demais a impressão de estagnação, podendo ser confortável ou não para você. A atual sociedade possui padrões de comportamento que não estão, em sua maioria, alinhados com a manifestação plena e saudável da natureza humana.

Somente a sua autoanálise poderá dizer se a situação está confortável e se esse conforto está contribuindo e refletindo o caminho de realização plena que você escolheu seguir e vivenciar.

Não permaneça no desconforto por muito tempo. Tome uma atitude mental mais apropriada ao momento e volte para o conforto, mesmo que isso signifique frustrar outras pessoas. E caso isso aconteça, encontre uma forma de anular qualquer desconforto em relação à opinião delas a esse respeito.

A vida humana sempre nos trará situações contrastantes que poderão nos tirar do equilíbrio e bem estar, mas não precisamos e nem devemos permanecer nesse lugar.

Esses acontecimentos devem ser usados como pontos de consciência em relação ao que realmente queremos, e depois de vivenciar as emoções imediatas decorrentes de tais experiências, podemos ajustar nossa atenção e rota para retornarmos ao que seja confortável e reflita a alegria do nosso coração, mesmo que no início a única forma de se sentir melhor seja mudando o foco para qualquer outro assunto que traga leveza e bem estar.

Isso elevará a vibração, e vibrando de forma elevada, você receberá inspirações melhores de como seguir adiante rumo ao seu espaço de conforto e expansão.

A.D.A

Este é um conteúdo inédito e autoral de caráter filosófico-espiritual e não tem qualquer associação com nenhuma organização ou religião.

Você pode reproduzir o texto em outros locais, desde que cite a autoria e indique a página original através de um link.

Rolar para o topo