trabalhadores da luz

Amor seletivo e o colapso planetário

Nós, seres humanos, temos por hábito amar seletivamente. Dizemos amar a humanidade, mas escolhemos amar apenas a alguns seres humanos enquanto ignoramos ou odiamos outros. Dizemos amar os animais enquanto protegemos alguns e comemos outros.

Não somos seres que amam. Somos seres que direcionam o respeito, afeto e compaixão somente a quem é conveniente. E isso não é amor. Pode ser qualquer outra coisa: apego, emotividade, exploração, dependência, egoísmo, mas não amor.

Fomos ensinados a viver a separação como se disso dependesse nossa sobrevivência. E quanto mais vivemos essa separacão, mais enfraquecemos como indivíduos, como coletivo e como partes de um único organismo vivo que está em colapso: o planeta.

Amor real não é uma emoção, é um estado de consciência que gera ações individuais em prol do todo. Por isso, amor verdadeiro unifica e não segmenta.

É direito de cada um escolher, mas apenas uma escolha contribui para um mundo onde a humanidade poderá não apenas continuar existindo fisicamente, mas ter vida plena em comunhão com todos os outros seres.

Já não há tempo.

Salvando o mundo

Você não precisa carregar o peso do mundo nas suas costas. Ele é demasiadamente pesado para a sua estrutura humana. Questões políticas, sociais e ambientais muitas vezes parecem problemas grandes demais para suas capacidades, e por isso mesmo te mantém num estado de tristeza, revolta ou frustração, minando sua energia vital. E como se não bastasse, nada disso contribui para a solução.

Se você quer curar o mundo, primeiro cure a si. Se quiser salvar o mundo, primeiro salve a si.

Todas as grandes transformações começam do lado de dentro. Dentro de cada ser há uma miniatura do Todo. Quando mudamos a nós mesmos, possibilitamos a mudança do mundo todo, pois disponibilizamos no campo consciencial compartilhado com o coletivo a informação da mudança e ela se torna acessível a todas as pessoas que a buscarem.

Assim também são os aprendizados e as criações. Uma vez que tenham sido concebidas, elas passam a pertencer ao coletivo e se manifestam em diversas partes do mundo sem necessidade de qualquer tipo de comunicação.

Portanto, seu trabalho de mudança interior é de extrema importância, porque desse modo, você estará ajudando o mundo de duas formas:

Primeiro, através da sua própria expansão de consciência, a qual irá direcionar sua vida a novos estados frequenciais transformadores da sua realidade e também a sua autorrealização.

Segundo, através da soma de consciências de pessoas que chegaram à mesma etapa que você, e que juntas podem formar uma massa crítica, tornando a mudança um padrão para todo o coletivo.

Isso ocorre porque apesar de sermos consciências individuais, fazemos parte de uma consciência única coletiva a nível planetário, e quando uma quantidade suficiente muda, o coletivo sofre uma transformação automática. Isso vale para todo tipo de solução e mudança no planeta.

Acalme seu coração e sinta o início de uma nova era onde todos os seres vivos têm direito à dignidade, à saúde, à prosperidade e à felicidade plena. E então, descanse na certeza de que assim é, confiando no processo e agindo quando necessário, conforme orientações do seu eu superior.

É necessário acreditar sem ter visto. A manifestação de um novo mundo só aguarda que as consciências de luz façam sua tão valorosa parte. Não há separação.

D.C.B.

Imagem: Pixabay

Sua essência

As pessoas dirão que você precisa de cura, e te oferecerão soluções para que se torne "normal", mas elas dizem isso apenas para aliviar o próprio incômodo que têm ao se depararem com alguém que não está encaixado no padrão que elas consideram ideal.

Ser quem somos não requer cura alguma, exceto se nós quisermos isso, ou se estivermos fazendo mal efetivo a alguém por sermos assim.

Antes de tentar buscar a cura para algo que incomoda as outras pessoas ou a você mesmo, mergulhe profundamente no seu interior e verifique se a tal 'cura' irá matar algo que é parte de sua essência e primordial para sua missão de alma. E ainda que ela não seja, essa sombra que se manifesta através de uma característica de sua personalidade está ali porque tem algo a dizer, ela traz um alerta, uma mensagem importante que precisa primeiro ser vista, compreendida, aceita e aí sim, se for de sua vontade, transformada.

D.C.B
Ilustração: Denise Bruno

A verdade

Vá fundo na busca de suas próprias respostas sobre a vida. Estude e se aprofunde dentro de si até ter absoluta certeza de que encontrou a verdade. Quando chegar a esse ponto, comece a destruir tudo o que aprendeu e recomece do zero, levando na bagagem apenas aquilo que conseguiu comprovar através de experimentação individual.

Porque atrás de toda certeza há uma possibilidade de engano. Mas atrás de toda experiência há uma grande fonte de verdade. A teoria se dissolve na experimentação. Porém, nenhuma experimentação individual pode ser utilizada para convencer a outros de nossas próprias verdades. Cada experiência só vale para o seu próprio dono. Não importa o caminho que você escolheu, absorva os ensinamentos dos demais, mas seja seu próprio mestre.

D.C.B.
Créditos da imagem: Pixabay
Rolar para o topo