Oração da consciência da igualdade

Oração da consciência da igualdade

“Amada consciência suprema, conhecedora de todas as coisas: por todas as minhas memórias individuais e àquelas compartilhadas com o coletivo, nas quais são guardados os registros de qualquer ato, pensamento ou omissão, cuja responsabilidade é minha, por ter nesta ou em outra vida, em qualquer tempo ou circunstância, causado dor ou sofrimento aos meus irmãos, semelhantes a mim em essência, tirando-lhes o direito de usufruir da graça da liberdade e da dignidade, fazendo-os experienciar a separação, a ponto de que a partir de meios legais, e não pelo amor, fosse necessário ser criado um dia no calendário para que se pudesse resgatar a consciência de que a igualdade é um direito humano; eu sinto muito, me perdoe, te amo, sou grata (o).

Me comprometo a partir deste momento renunciar a qualquer pensamento, ato, omissão, que me faça ver ou tratar de forma diferente, superior ou inferior aos meus irmãos.

Eu crio dentro de mim uma sociedade onde a igualdade, a dignidade, os direitos primordiais, a fraternidade e o amor sejam a base de todas as relações e decisões, a fim de que não seja mais necessário um único dia para se resgatar a consciência em torno da igualdade e dos direitos que foram tirados de alguns de nós, mas sim que todos os dias sejam dias de consciência humana, acima de todas as memórias que possam persistir em causar a separação.
Eu aceito, eu amo, sou grata (o). “

Abaixo a oração em vídeo, para quem prefere ouvir.

D.C.B

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Instagram
Facebook
Receba novidades por Email
×
×

Carrinho

%d blogueiros gostam disto: