Quebra de paradigmas

Saia da zona de DESconforto

Saia da zona de desconforto.

Se está desconfortável é porque você precisa ajustar sua rota, mudar sua forma de ver esse assunto ou mudar o foco para algo mais agradável.

Dessas três opções, faça aquela que parecer mais fácil ou melhor para o momento.

É possível fazer uma análise rápida e tomar a atitude mental que melhor atenda à situação, mesmo que seja uma solução ou melhoria temporária da sua percepção de conforto.

O estado natural do ser humano é o bem estar ou a neutralidade. Tudo o que estiver fora disso significa uma requisição de mudança, um ajuste para que o sistema individual se reequilibre.

Quando alguém diz que você deve sair da sua zona de conforto, significa que esse alguém é que está desconfortável em relação a você, e quer que você mude para que esse se sinta bem.

Se você não estiver consciente de seu próprio sistema individual, dos seus propósitos e de suas emoções e sentimentos, sentirá uma pressão em atender às expectativas de outros, desrespeitando a sua própria natureza ou escolha.

Talvez, o que outros chamem de zona de conforto, seja para você uma situação que passa aos demais a impressão de estagnação, podendo ser confortável ou não para você. A atual sociedade possui padrões de comportamento que não estão, em sua maioria, alinhados com a manifestação plena e saudável da natureza humana.

Somente a sua autoanálise poderá dizer se a situação está confortável e se esse conforto está contribuindo e refletindo o caminho de realização plena que você escolheu seguir e vivenciar.

Não permaneça no desconforto por muito tempo. Tome uma atitude mental mais apropriada ao momento e volte para o conforto, mesmo que isso signifique frustrar outras pessoas. E caso isso aconteça, encontre uma forma de anular qualquer desconforto em relação à opinião delas a esse respeito.

A vida humana sempre nos trará situações contrastantes que poderão nos tirar do equilíbrio e bem estar, mas não precisamos e nem devemos permanecer nesse lugar.

Esses acontecimentos devem ser usados como pontos de consciência em relação ao que realmente queremos, e depois de vivenciar as emoções imediatas decorrentes de tais experiências, podemos ajustar nossa atenção e rota para retornarmos ao que seja confortável e reflita a alegria do nosso coração, mesmo que no início a única forma de se sentir melhor seja mudando o foco para qualquer outro assunto que traga leveza e bem estar.

Isso elevará a vibração, e vibrando de forma elevada, você receberá inspirações melhores de como seguir adiante rumo ao seu espaço de conforto e expansão.

A.D.A

Este é um conteúdo inédito e autoral de caráter filosófico-espiritual e não tem qualquer associação com nenhuma organização ou religião.

Você pode reproduzir o texto em outros locais, desde que cite a autoria e indique a página original através de um link.

O carma e o sistema de crenças

O que se conhece como carma tem mais a ver com o seu sistema de crenças do que com a lei da causa e efeito.

Porque pelo poder da mente, até mesmo os processos desencadeados pela lei da causa e efeito podem ser transmutados.

Mas a crença enraizada e inconsciente é como um rádio ligado num porão, emitindo uma vibração constante com efeito eletromagnético, e atraindo para si tudo o que lhe é semelhante.

A vibração ativa no agora é mais forte do que a ação realizada no passado. Porque o passado e a ação já não existem, embora tenham desdobrado reações e acontecimentos sequenciais naturalmente, mas o seu julgamento em relação ao que passou, ficou gravado no seu campo mental. E enquanto não for levado à consciência e reprogramado, continuará ativo trazendo para sua experiência o que você pode chamar de carma. Mas é apenas a sua própria criação.

_A.D.A_

Árvore do Amor

Você não precisa de motivação

Se alguém te disser: "Você precisa se desafiar", "Você precisa fazer esse sacrifício para provar a si mesmo que é bom", "Você precisa trabalhar enquanto eles dormem", cuidado.
Se alguém te disser isso, está falando de um ponto de vista contrário ao amor e à sabedoria Suprema.
Esse tipo de sugestão coloca você como seu próprio agressor.

Antes de tudo, você precisa se conectar com a Fonte amorosa e se recordar do seu real valor. Não há nada a provar a si mesmo nem aos outros. Não há nenhum sacrifício do corpo físico ou desrespeito dos próprios limites que te traga recompensas de alta vibração. No máximo, trarão sensações temporárias de entusiasmo e compensação momentânea, mas depois, tudo voltará ao ponto inicial, e você sentirá necessidade de buscar mais formas de se provar.

Somente a consciência amorosa sobre quem é você basta. Não coloque seu valor nas mãos de falsos mestres e de seus desafios. Eles não amam a si próprios, como poderiam te ensinar sobre o que é ser um vencedor?

Cuidado com os líderes motivacionais e seus conselhos de sucesso. Você não precisa de motivação, você precisa aprender a viver de acordo com a inspiração do seu mestre interior.

Você precisa saber quem você é e honrar os anseios de sua alma, escolhendo e agindo de acordo com sua essência, suas inspirações, seus amores, do que faz seu peito expandir.
Não há vitória na auto violência.
Lembre-se de Quem você É e viva a partir disso.

_A.D.A_

Árvore do Amor

Essa vida nunca se repetirá

Você é um ser único.
Você sempre existirá como alma experimentando outras vidas.
Mas exatamente como é, com essa personalidade, esse corpo, ambiente, essa vida nunca se repetirá.
Essa é uma oportunidade inigualável de experimentar a existência.

Tente não desperdiçá-la com excessivas distrações que te mantenham amortecido.
Filmes, jogos, redes sociais, entretenimentos diversos, podem ser ferramentas de alavancagem vibracional ou breve descanso da mente se usados com moderação. Mas você realmente poderá se ressentir ao fim dessa jornada, ao deixar a matéria, e descobrir que desperdiçou tanto tempo fugindo de si mesmo e da grande oportunidade de se autoconhecer, modelar sua própria realidade e dar pleno sentido a ela.

A ideia de ciclo reencarnatório linear pode dar a impressão de que há uma continuidade, e que você poderá ou deverá de alguma forma compensar o tempo perdido e as escolhas feitas nas próximas vidas. Mas não é assim que acontece.

Todas as vidas acontecem simultaneamente, e a linearidade tempo-espaço só existe nessa densidade material.
Fora dela, tudo está no presente. Suas várias existências não são continuações uma da outra, mas sim paralelas e independentes entre si, de acordo com suas escolhas temáticas de experimentação.

Ame essa existência como se fosse a única, e assim conseguirá fazer escolhas mais harmônicas com sua própria essência.

Não há uma carga histórica ou uma lista de erros a serem reparados.
Aquilo que algumas culturas ou religiões chamam de carmas, não são imposições de punições. Cada vida é uma folha em branco, onde sua principal missão é experimentar e expandir sua alma.
Nenhum humano nasceu para sofrer, mas para ter vida plena. Tome posse do seu direito de viver a partir dos anseios do seu coração.

Árvore do Amor
___A.D.A___

Imagem: Arquivo pessoal de viagem (Rio de Janeiro)

Não se trata de merecimento

Não se trata de merecimento.
Se receber da vida o que precisamos ou desejamos fosse mediante mérito, adquirido por nosso esforço ou bondade, certamente muitos de nós estaríamos milionários, saudáveis e plenos.

Mas observe em toda a história conhecida da humanidade, quantos foram aqueles que se beneficiaram do próprio poder sobre os demais, sem amor, bondade ou o que consideramos merecimento, acumulando riquezas às custas do sofrimento de outros, e em muitos casos foram até glorificados. E isso não significa que o caminho do amor não seja ainda a melhor escolha.

Não há merecimento. Há apenas a predominância de um padrão vibracional criado e mantido por crenças, que os levou e manteve lá, de forma consciente ou não.
Imagine então, quantas coisas maravilhosas não fariam os seres humanos de consciência amorosa, se tivessem acesso a esses conhecimentos?

Quantos seres ascensos mais precisarão vir em forma humana para contar o que poucos estão dispostos a ouvir? Todas as verdades já foram ditas, em vários formatos e por vários mestres diferentes. E no entanto, a grande maioria continua tapando olhos e ouvidos. Pois saber exige coragem para o abandono de tudo o que se acreditava ser, e o comprometimento com a busca pela verdade.

Porque comer do fruto da árvore da verdade, a princípio faz parecer que você está sendo expulso do paraíso. Mas após o despertar, descobre que o aparente paraíso era a própria prisão disfarçada.

Lilith Ada

Série: Cartas de Lilith

Árvore do Amor

Sagrado feminino x Feminismo – um convite à reflexão

Sagrado feminino é uma coisa, feminismo é outra.
Ambos podem se encontrar em alguns aspectos, mas são conceitos diferentes.

Sagrado feminino está relacionado a aspectos e práticas religiosas a partir do resgate de sabedorias ancestrais femininas, enquanto feminismo está relacionado um movimento social e político que visa a igualdade.

É muito importante que se busque a compreensão mais profunda de ambas, para evitar julgamentos sob pontos de vista superficiais ou preconceituosos.

A compreensão possibilita a coexistência respeitosa e evita que as diferenças invalidem as conquistas e direitos de cada uma.

A compreensão possibilita a coexistência respeitosa e evita que as diferenças invalidem as conquistas e direitos de cada uma.

Além do mais, somos uma sociedade em evolução, e até mesmo algumas religiões têm buscado adaptar-se às demandas por transformações sociais para a própria sobrevivência - embora muitas o façam de modo não ético.

Uma postura receptiva e amistosa pode agregar forças para o bem de todos, ao invés de criar oposições que apenas reforçam diferenças e geram mais separação.

[£ilith Ada]

Série: Cartas de Lilith
Árvore do Amor

Não crer mais em “Deus” – A dissolução do eu e o nascimento de um Todo

Há uma profunda dor e uma incrível liberdade em não acreditar mais em "Deus".
A princípio, sente que não há ninguém cuidando de você, e isso te deixa desamparada. Mas também percebe que não há ninguém te julgando nem exigindo adoração como troca de favores.

Você também percebe que dessa forma não há um povo escolhido, nem pessoas escolhidas. Não há salvação nem condenação.

Você é a luz e a sombra do mundo e sua própria.

É só você com você mesma e sua consciência. Sua consciência com os princípios universais. Não há mistério ou magia. Há apenas uma verdade nua e crua.

Você está só e vazia. Mas você também está preenchida com o poder de escolha e responsabilidade plena.

E para escolher, você precisa compreender o mecanismo da vida. E isso te leva a buscar respostas. E essa busca te traz experiências que vão testar sua capacidade de permanecer na verdade ou voltar à ilusão.

A escolha é sempre sua. As consequências são sempre suas. Você é livre. Você é responsável. Você não espera por milagres. Você é o milagre. Você é nada, mas tudo passa a ser você.

A dor de estar humanamente limitada. A satisfação de permanecer na verdade. A não dualidade.

Já não há fora, nem dentro, tudo é uma coisa só. A dissolução do eu e o nascimento de um Todo. Indissolúvel, indivisível, total. A morte do eu, de Deus e o nascimento da Consciência e da Unicidade.

D.C.B

Nota da autora: Alguns textos são bastante pessoais, e remetem a minhas próprias reflexões internas e experiências pessoais que expresso de forma poética. Não visam impor verdades, mas somente expor as minhas verdades, parciais e individuais. Se elas estiverem alinhadas às suas, então aqui nos encontramos.

Deus não está decidindo por você

Se você não está decidindo sua vida, alguém está fazendo isso por você. E esse alguém não é Deus.

Deus não está decidindo por você.


Quando se diz: "se Deus quiser", "Graças a Deus", no intuito de se fazer humilde diante de um Ser superior, está apenas trilhando o caminho mais fácil diante daquilo que não se acha capaz de controlar, e ainda, daquilo que não se buscou compreender.

São frases inconscientes de terceirização e ausência de responsabilidade sobre as próprias escolhas.
Deus não "quer" algo para você. Não é possível que algo ou alguém fora de você tenha controle sobre a forma como os princípios universais respondem à sua existência.

A Consciência Suprema é uma mente criadora ("O todo é mente"), e desenvolveu um sistema perfeito, que funciona sozinho a partir de um mecanismo movido pelas escolhas individuais de cada ser. Esse sistema compreende um conjunto de princípios universais que se complementam (princípios herméticos).

São esses os responsáveis pelo que se manifesta em suas experiências humanas através daquilo que você vibra, a partir de crenças, pensamentos, sentimentos e ações.

Mesmo que isso tenha sido imposto a você por um sistema de controle externo, tudo o que se manifesta em sua vida são reações ao que você é, ou melhor, se tornou no decorrer de sua existência.

E as coisas acontecem graças a você, sejam elas agradáveis ou não. Você pode continuar terceirizando a responsabilidade, ou pode assumi-la e fazer uma parceria consciente com a Consciência Suprema, ou o Mecanismo Universal, que respeita primordialmente o seu livre arbítrio.

Isso pode não dar a você o poder de controlar os acontecimentos, mas vai te dar a compreensão de que a vida é muito mais do que simplesmente um acaso, uma escolha de um ser superior que quer sua adoração ou um golpe de sorte.

A vida é mais que isso. Descubra e assuma seu poder.

D.C.B

Amor seletivo e o colapso planetário

Nós, seres humanos, temos por hábito amar seletivamente. Dizemos amar a humanidade, mas escolhemos amar apenas a alguns seres humanos enquanto ignoramos ou odiamos outros. Dizemos amar os animais enquanto protegemos alguns e comemos outros.

Não somos seres que amam. Somos seres que direcionam o respeito, afeto e compaixão somente a quem é conveniente. E isso não é amor. Pode ser qualquer outra coisa: apego, emotividade, exploração, dependência, egoísmo, mas não amor.

Fomos ensinados a viver a separação como se disso dependesse nossa sobrevivência. E quanto mais vivemos essa separacão, mais enfraquecemos como indivíduos, como coletivo e como partes de um único organismo vivo que está em colapso: o planeta.

Amor real não é uma emoção, é um estado de consciência que gera ações individuais em prol do todo. Por isso, amor verdadeiro unifica e não segmenta.

É direito de cada um escolher, mas apenas uma escolha contribui para um mundo onde a humanidade poderá não apenas continuar existindo fisicamente, mas ter vida plena em comunhão com todos os outros seres.

Já não há tempo.

Expansão consciente ou inconsciente?

Quando você opta pela expansão de consciência, a vida vai te trazer situações que irão destruir tudo aquilo que você não é. Essas situações muitas vezes chegarão como açoites e causarão uma percepção de dor ou sofrimento.

Isso se repetirá até que cada ilusão que você tem sobre a vida seja eliminada. Nesse momento você retorna ao ponto zero. O ponto onde você se torna a própria manifestação da consciência universal.

Portanto, se você optou pelo caminho da consciência, abra-se o quanto antes para o campo das infinitas possibilidades, quebre seus paradigmas, quebre a sua auto-imagem, abandone a bagagem histórica do seu personagem.

Entenda que a vida vai doer de qualquer forma, mas a consciência transcende o sofrimento. Para aqueles que optam por expandir, o processo será acelerado. As situações propulsoras da limpeza virão como avalanches. Isso pode causar medo e paralisação. Mas optar por não expandir trará ainda mais percepção de dor.

Portanto, a expansão não é uma opção, é uma lei. Porém, quando você decide pela expansão conscientemente, está tomando posse do seu poder de criador e contribuindo com o Plano Maior de forma voluntária.

Portanto, a expansão não é uma opção, é uma lei. Porém, quando você decide pela expansão conscientemente, está tomando posse do seu poder de criador e contribuindo com o Plano Maior de forma voluntária.

Nós não viemos para sofrer, viemos para vivenciar a experiência humana de forma plena. Mas isso requer coragem, amor e entrega ao milagre da existência.

D.C.B

Rolar para o topo